#SETEMBROSEMGLÚTEN – Semana 05 e O Que Será de Outubro

Oi pessoal, espero que estejam todos bem. Hoje é dia de update do desafio do mês, ou seja, o último update do mês de Setembro em que não ingeri glúten. Conforme relatei no video, ficar sem o glúten foi muito interessante no sentido de redução de medidas, mas não necessariamente no quesito da perda de peso.

Eu perdi até o momento 20 lbs que dá 9,07 Kg. Não, não é muito, mas é um número muito significativo para mim. É um marco importante nessa jornada, porque sinceramente eu mesma não acreditava na minha capacidade de perder peso algum, ainda mais quase 10 kg.

Lembro de conversas onde sempre dizia brincando que “ah, só falta perder 10 kg!”, quando ía a uma loja comprar uma roupa ou então quando alguém me fazia algum elogio. Era uma maneira de me criticar duramente, e de expressar a pouca fé que eu tinha em mim mesma, em conseguir ser determinada o suficiente para eliminar nem que fosse 1 kg (imagina 10 kg!).

Estou orgulhosa de mim e animada em seguir em frente. Sei que nessa jornada haverão inúmeros obstáculos, mas do que depender de mim farei o melhor para que os obstáculos sejam maneiras de me fazer crescer ainda mais como pessoa, me conhecendo mais, e me tornando mais forte até alcançar o meu objetivo!

Espero que gostem do video.

Gi

#SETEMBROSEMGLÚTEN – Update da Semana 04 e Receita de Pão de Queijo de Frigideira Fit

Bom dia! Eu deveria ter feito este post ontem, mas estava com a cabeça no mundo da lua e não consegui. Então hoje decidi fazer um combo aqui para vocês – postando o video com o update da semana e também com a dica de uma receitinha maravilicious que eu já fiz várias vezes e acho que nunca havia compartilhado com vocês!

Sobre a semana…

O fato é que não comer glúten faz com que o corpo desinche MUITO. Você percebe a diferença mesmo, nas roupas, nos acessórios (meus relógios estão folgados de novo!) e se sente mais leve no geral. Só que fazer uma dieta sem glúten não significa que você está fazendo uma dieta de baixo teor calórico. No meu caso, eu eliminei o glúten das minhas refeições, mas continuo controlando tudo o que eu como através dos pontos dos Vigilantes do Peso. Isso é o que tem me ajudado mais, porque se eu dependesse somente da dieta sem glúten não sei se conseguiria me controlar (batata frita com cheddar derretido e bacon é #glutenfree hahaha!).

Comparado com o mês que eu fiquei sem comer açúcar, eu perdi muito menos peso. O resultado não está sendo muito significativo na balança, mas está sendo significativo nas medidas do corpo. No video conto tudo sobre isso.

Agora vamos ao que interessa…

Receita de Pão de Queijo de Frigideira Fit


Ingradientes:

– 1 ovo inteiro

– 2 colheres de sopa de polvilho (eu usei farinha de tapioca)

– 1 colher de sopa do queijo magro de sua preferência 

– Sal a gosto

Modo de preparo:

– Coloque todos os ingredientes num bowl pequeno e misture tudo bem com um garfo até ficar homogêneo.

– Despeje em uma frigideira antiaderente e cozinhe até que a parte de baixo esteja dourada (em fogo médio); dobre em meia-lua, e cozinhe por mais alguns minutos até que o centro esteja firme (em fogo baixo).

Espero que gostem da receita!

Gi

#SETEMBROSEMGLÚTEN – Semana 03: Algumas Coisas Estranhas

Bom dia! Quero me desculpar por não ter aparecido por aqui ontem. São os tais imprevistos da vida que acontecem, sabe como é? Foi um dia muito anormal, mas agora tudo está de volta nos trilhos. Hoje quero contar para vocês como foi a minha terceira semana sem ingerir glúten. No video conto com detalhes, então não deixe de assistir.

A verdade é que não comer glúten não é algo tão difícil para mim. Não ingerir carboidratos seria muito, infinitamente pior. Mas meu corpo não anda respondendo essa “tática” na balança como eu esperava, esta é a verdade. Além disso, houve uma alteração hormonal este mês que me deixou com a pulga atrás da orelha.

O relato todo está no video. Eu confesso que me acostumei a não comer glúten, e não acho que sentiria falta se fosse o caso de parar para o resto da vida. Bom, isso porque aqui nos EUA temos muitas alternativas boas e bem acessíveis de alimentos que substituem os que contém glúten, então é óbvio que isso é um grande facilitador. 

Vamos ver como será até o final deste mês. 

Gi

#SETEMBROSEMGLÚTEN – Update da Semana 02: Alguns Esclarecimentos

Bom dia, pessoal! Hoje foi ao ar o video com o update da segunda semana do desafio #SetembroSemGlúten e eu decidi prestar alguns esclarecimentos, ou antes, responder algumas dúvidas que estavam sendo levantadas por alguns de vocês. “O Glúten faz mal?”, “O que acontece quando não ingerimos o glúten?”, e “Afinal, o que é o Glúten?”. Respondi todas estas perguntas de uma maneira superficial, mas que acredito que será de ajuda para que as pessoas entendam pelo menos o básico a respeito. 

No video eu explico tudo conforme o meu entendimento e pesquisa, e conto o motivo pelo qual eu decidi não ingerir alimentos com glúten. 

Espero que seja de ajuda e se alguém quiser complementar as informações do video, por favor deixe por mensagem aqui nos comentários.

Uma ótima quarta-feira a todos!

Docinho ZERO Calorias

Uma das coisas que eu mais aprecio no #Connect (a rede social do Weight Watchers) é a quantidade de receitas que as pessoas compartilham por lá. Ajuda muito não só pela criatividade, mas também porque as informações já vem completas, como o número de pontos por porção que aquele determinado prato tem. De todas as receitas vapt-vupt para doces, uma das minhas preferidas é a de Frozen Jello Grapes, e eu tenho certeza que vocês também irão amar.

Ingradientes:

– 500 kg de uvas verdes

– 1 pacote de gelatina diet do sabor de sua preferência

Preparo:

– Destaque as uvas dos raminhos e lave bem em água corrente; 

– Em um saquinho ou vasilha despeje as uvas ainda úmidas, e em seguida adicione o conteúdo do pacote de gelatina.

– Misture tudo bem para que o pó se espalhe e cubra todas as uvas.

– Leve ao freezer por cerca de 2 horas até que as uvas estejam congeladas.

Só isso. Eu prometo que o sabor vai te surpreender! E a impressão é de que estamos comendo balinhas ou docinhos tipo gelinho (geladinho, chup-chup, sacolé…), só que sem nenhuma caloria. Também é uma maneira divertida de fazer com que as crianças comam a fruta, uma ótima pedida para fazer junto delas nos dias de calor!

#SETEMBROSEMGLÚTEN – Semana 01: Cardápio e Perda Total (Até Agora) 

O primeiro update dos desafios nutricionais sempre será com a minha rotina e cardápio do dia-a-dia, quase que um diário mesmo, documentando as coisas mais interessantes que eu cozinhei/encontrei/ingeri. Como todos os outros desafios da minha vida, este está sendo muito mais fácil do que eu imaginei. É sempre assim – o medo do desconhecido se torna uma sombra, daquelas que assustam à distância, mas que quanto mais próximos da fonte chegamos, percebemos que o objeto em sí é muito, muito menor do que a sombra que ele projeta. 

Assim está sendo com os meus desafios. O #SetembroSemGlúten projetava uma sombra enorme porque eu amo carboidratos, massas, pães… E achei que era impossível viver sem eles. Não, isto não é verdade.

Eu recebo muitas mensagens nos videos dos desafios com pessoas que repetem essa mesma afirmação. Meus amigos próximos, quando tomam conhecimento do desafio da vez, também muitas vezes tem esta mesma reação. “É impossível! Eu jamais conseguiria!”trust me, querer é poder. E não é tão difícil assim. E a maior conquista de todas é compreender por fatos que você vive SIM sem determinados alimentos que – em excesso, como era no meu caso – fazem mal à saúde (a curto, médio e longo prazo).

Considerações gerais:

* Hoje tivemos pizza a vontade no trabalho. Eu não comi se quer uma fatia. Comi a fruta que havia trazido para o lanche da manhã.

* Estou bebendo 3 litros de água por dia, coisa que há anos não faço – se é que já o fiz alguma vez na vida. Faço isso para compensar o sódio ingerido nas refeições.

* Falando em sódio, comprei o famoso sal rosa (Sal do Himalaia), e substituí o sal comum por ele 100%, além de ter diminuído consideravelmente a quantidade colocada nos alimentos.

* Não voltei a consumir açúcar, e não estou sentindo nenhuma falta disso.

* Perdi até o dia 03/09/16 um total de 18.6 Lbs, ou seja, 8,5 Kg. Isto é exatamente 1/3 da minha meta de perda total.

* Esta foi a sexta semana consecutiva que eu perdi peso, ou seja, desde que comecei os desafios não engordei nenhuma vez.

Para o post de hoje é isso. O resto, contei no video.

Beijos,

Gi

Desafio – #SETEMBROSEMGLÚTEN

Inicia-se hoje o melhor mês do ano no quesito climático (gente, o Outono já bate às nossas portas, #CHEGALOGO!!! Não vejo a hora…), mas também será um mês de um grande desafio para mim que é o não consumo total de glúten. A partir de hoje e até o dia 30 de Setembro, glúten não entrará no meu cardápio. 

Eu cresci em uma casa onde se faz pão caseiro com fermento também caseiro. Minha bisa, minha vovó e minha mãe são maravilhosas quando se trata de cozinha, principalmente nessa parte de pães, bolos e doces. É daí que vem toda a minha inspiração e jeito em fazer bolos, mas também é daí que vem esse meu vício no carboidrato.

Há algum tempo escrevi um texto falando sobre comfort food, explicando seu significado aqui nos EUA, que basicamente tem a ver com as emoções, as lembranças e os bons sentimentos que temos quando ingerimos determinados tipos de alimentos, principalmente aqueles que nos remetem à nossa infância. No meu caso, é o pão em todas as suas mais variadas formas. Doce ou salgado, massas, enfim, é o que me dá realmente a sensação de estar “preenchida” tanto fisica quanto emocionalmente.

Passar um mês sem glúten vai ser ótimo, porque vou conseguir me convencer que não sou dependente dele. Que não preciso ingerir farinha branca para ser feliz. Tenho certeza de que será muito difícil, mas estou animada em perceber os resultados, como a diminuição de medidas, me livrar de inchaços (tudo o que fermenta, incha), e perder peso no geral. Além disso, como disse no video, estou animada por descobrir novos produtos, novas receitas, e variar meu cardápio da melhor maneira possível.

Esta variação de cardápido ajuda muito a evitar o chamado plateau, que é a estagnação do peso uma vez que o corpo se acostuma com uma determinada rotina de alimentos. Depois de perder uma quantidade considerável de peso, e antes de chegar ao peso ideal, a maioria das pesssoas tem um período de plateau e precisa mudar sua rotina de alimentação e exercícios físicos para, então, voltar a ver resultados na balança.

Enfim, estou aqui para dar início a mais uma fase dos meus desafios. Torçam por mim!

Gi