#SETEMBROSEMGLÚTEN – Semana 01: Cardápio e Perda Total (Até Agora) 

O primeiro update dos desafios nutricionais sempre será com a minha rotina e cardápio do dia-a-dia, quase que um diário mesmo, documentando as coisas mais interessantes que eu cozinhei/encontrei/ingeri. Como todos os outros desafios da minha vida, este está sendo muito mais fácil do que eu imaginei. É sempre assim – o medo do desconhecido se torna uma sombra, daquelas que assustam à distância, mas que quanto mais próximos da fonte chegamos, percebemos que o objeto em sí é muito, muito menor do que a sombra que ele projeta. 

Assim está sendo com os meus desafios. O #SetembroSemGlúten projetava uma sombra enorme porque eu amo carboidratos, massas, pães… E achei que era impossível viver sem eles. Não, isto não é verdade.

Eu recebo muitas mensagens nos videos dos desafios com pessoas que repetem essa mesma afirmação. Meus amigos próximos, quando tomam conhecimento do desafio da vez, também muitas vezes tem esta mesma reação. “É impossível! Eu jamais conseguiria!”trust me, querer é poder. E não é tão difícil assim. E a maior conquista de todas é compreender por fatos que você vive SIM sem determinados alimentos que – em excesso, como era no meu caso – fazem mal à saúde (a curto, médio e longo prazo).

Considerações gerais:

* Hoje tivemos pizza a vontade no trabalho. Eu não comi se quer uma fatia. Comi a fruta que havia trazido para o lanche da manhã.

* Estou bebendo 3 litros de água por dia, coisa que há anos não faço – se é que já o fiz alguma vez na vida. Faço isso para compensar o sódio ingerido nas refeições.

* Falando em sódio, comprei o famoso sal rosa (Sal do Himalaia), e substituí o sal comum por ele 100%, além de ter diminuído consideravelmente a quantidade colocada nos alimentos.

* Não voltei a consumir açúcar, e não estou sentindo nenhuma falta disso.

* Perdi até o dia 03/09/16 um total de 18.6 Lbs, ou seja, 8,5 Kg. Isto é exatamente 1/3 da minha meta de perda total.

* Esta foi a sexta semana consecutiva que eu perdi peso, ou seja, desde que comecei os desafios não engordei nenhuma vez.

Para o post de hoje é isso. O resto, contei no video.

Beijos,

Gi

Desafio – #SETEMBROSEMGLÚTEN

Inicia-se hoje o melhor mês do ano no quesito climático (gente, o Outono já bate às nossas portas, #CHEGALOGO!!! Não vejo a hora…), mas também será um mês de um grande desafio para mim que é o não consumo total de glúten. A partir de hoje e até o dia 30 de Setembro, glúten não entrará no meu cardápio. 

Eu cresci em uma casa onde se faz pão caseiro com fermento também caseiro. Minha bisa, minha vovó e minha mãe são maravilhosas quando se trata de cozinha, principalmente nessa parte de pães, bolos e doces. É daí que vem toda a minha inspiração e jeito em fazer bolos, mas também é daí que vem esse meu vício no carboidrato.

Há algum tempo escrevi um texto falando sobre comfort food, explicando seu significado aqui nos EUA, que basicamente tem a ver com as emoções, as lembranças e os bons sentimentos que temos quando ingerimos determinados tipos de alimentos, principalmente aqueles que nos remetem à nossa infância. No meu caso, é o pão em todas as suas mais variadas formas. Doce ou salgado, massas, enfim, é o que me dá realmente a sensação de estar “preenchida” tanto fisica quanto emocionalmente.

Passar um mês sem glúten vai ser ótimo, porque vou conseguir me convencer que não sou dependente dele. Que não preciso ingerir farinha branca para ser feliz. Tenho certeza de que será muito difícil, mas estou animada em perceber os resultados, como a diminuição de medidas, me livrar de inchaços (tudo o que fermenta, incha), e perder peso no geral. Além disso, como disse no video, estou animada por descobrir novos produtos, novas receitas, e variar meu cardápio da melhor maneira possível.

Esta variação de cardápido ajuda muito a evitar o chamado plateau, que é a estagnação do peso uma vez que o corpo se acostuma com uma determinada rotina de alimentos. Depois de perder uma quantidade considerável de peso, e antes de chegar ao peso ideal, a maioria das pesssoas tem um período de plateau e precisa mudar sua rotina de alimentação e exercícios físicos para, então, voltar a ver resultados na balança.

Enfim, estou aqui para dar início a mais uma fase dos meus desafios. Torçam por mim!

Gi

Desafio #AgostoSemAçúcar – Semana 03: A TPM

Completei mais uma semana do desafio #AgostoSemAçúcar e hoje é dia de update! Esta terceira semana teve um agravante: a TPM. Não é fácil para uma pessoa como eu, que ama doces e que está acostumada a matar o nervosismo com açúcar, passar pelos dias de TPM durante um desafio assim.

Eu me mantive firme todos os dias da terceira semana, mas confesso que não foi simples. Só pra variar, o final de semana foi bem difícil pois no sábado fui a um parque de diversões e no domingo fomos almoçar num dos meus restaurantes favoritos, mas consegui me manter firme.

Esta última semana é a mais esperada de todas. Não vou desistir, quero ir até o fim, e então fazer um resumo de tudo, contando todas as vantagens que eu senti durante o mês de Agosto.

Espero que gostem do video.

Gi