Fase II – PowerPuff Girls

Não, não é assim com todo mundo. Talvez muitos que leiam este post discordem totalmente do que irei escrever. Talvez você seja o tipo de pessoa que tem a determinação de começar uma dieta e ir até o fim, parar só quando alcançar o seu objeito, e isso representa uma única fase, a fase da dieta.

O negócio é que cada corpo é um corpo, e cada mente é uma mente. Quando eliminei meus primeiros 21 kg, duas coisas relevantes aconteceram logo em seguida: uma estadia de um mês no Brasil (a trabalho), e uma viagem de dez dias a Israel (de férias). Depois desse tempo fora de casa, sem cozinhar, e principalmente depois das férias (voltando para casa com o saldo de + 2 kg na balança), eu me senti estagnada.

Estava totalmente preguiçosa em voltar à rotina, principalmente na cozinha. O planejamento e a execução de uma alimentação limpa leva tempo, por mais simples que seja. E por mais prática que eu seja, e sou, a preguiça e a procastinação me dominaram.

Para completar, uma semana depois de voltar de férias, fiz aniversário. Trinta e dois anos comorados em bares, festas, restaurantes e brigadeiros da mamãe. Não me pesei no dia seguinte, mas fiz algo muito mais efetivo que isso – procurei ajuda.

Obviamente recorri à minha coach Patrícia Tassinari, que no mesmo instante se prontificou a me auxiliar no meu novo desafio, apelidado por mim de “Fase II” – onde me comprometi a cinco meses de alimentação limpa, baixa em carboidrato, sem furos, e com exercícios físicos regulares.

Patrícia já juntou uma turminha com “sangue nos olhos”, como ela mesma diz, e fizemos um “grupo” chamado PowerPuff Girls. Somos 5 mulheres, cada qual com seus objetivos pessoais, mas partilhando da mesma energia, com o mesmo foco, dando apoio umas às outras, utilizando a mesma estratégia, que é conhecida como “Cetogênica Cíclica” ou “Dieta Metabólica”.

Estou compartilhando tudo, inclusive minhas refeições diárias, no meu IG (@giyupi).

Acho interessante essa idéia de Fase II, porque ela é, pelo menos para mim, a última fase antes da manutenção. Meu objetivo é chegar ao meu peso meta, ideal, até 12 de Novembro de 2018. Faltam 6 kg para conseguir alcançá-lo. Os últimos quilos são, mesmo, os mais difíceis de se eliminar, por isso esta será uma fase distinta ao que eu vinha fazendo até agora. As restrições são muito maiores, as exigências da coach são muito maiores, e o comprometimento – assim como o foco no objetivo – são igualmente muito maiores.

Meu corpo está acostumado com meu peso atual. Se eu decidisse ficar onde estou, a manutenção seria muito simples, e eu não estaria insatisfeita. Mas é essa a questão. Eu quero me sentir satisfeita, feliz. Quero – e vou – chegar no número ideal, nas roupas ideias, nas curvas ideais.

Então, quem quiser me acompanhar nos próximos 5 meses, estão convidados. Vai ser punk, mas ao mesmo tempo, espero, inspirador.

É isso.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s