Enquanto você está aí reclamando…

…por tantas coisas idiotas, alguém está sofrendo por um motivo real.

Sem demagogias baratas: CHEGA!
Na semana passada tomei conhecimento de duas pessoas (não próximas, mas que de alguma maneira estão ligadas à minha vida) que estão, neste momento, lutando contra um câncer.
É impossível pensar nestas pessoas e não parar por alguns minutos para analisar as coisas ao meu redor. Quem me acompanha aqui há anos sabe que eu tenho um carinho especial pelas mulheres guerreiras contra o câncer de mama pois minha avó paterna passou por ele – duas vezes – no decorrer de sua vida, e faleceu com mais de 80 anos, sem ambos os seios, de velhice. Ela venceu a dor, ela venceu a morte, ela foi uma sobrevivente e eu me orgulho muito de ser neta de uma mulher tão corajosa e tão forte.
Assim como eu, muitas pessoas passaram ou passam por isso. Ter uma pessoa querida que luta contra esta doença, e algumas viveram isso muito mais de perto do que eu. E mesmo  assim, mesmo com todos estes exemplos de fé, luta e superação, eu vejo uns e outros tentando espalhar a ingratidão e a infelicidade, reclamando de  coisas pequenas (ou até inexistentes), e tornando suas próprias existências em algo quase insignificante.
PARE. Apenas pare com isso. Enquanto você reclama das coisas mais banais, enquanto você inventa problemas pra chamar a atenção dos outros, enquanto você se afunda numa infelicidade descabida, há pessoas, MUITAS PESSOAS, lutando com otimismo para vencer um câncer, ou qualquer outra doença ou dificuldade real, e mesmo assim conseguem sentir gratidão à Deus e à vida!
Eu percebo que muitas pessoas que demonstram uma solidão e descontentamento excessivos descabidos gozam de outros excessos, como por exemplo o excesso do tempo livre. Ficam andando em círculos inventando problemas em volta do próprio umbigo e esquecem que existe um universo inteiro girando do lado de fora, com pessoas verdadeiramente carentes, com pessoas verdadeiramente sozinhas, com pessoas que lutam diariamente pela chance de viver mais um dia. 
 
Não seja essa pessoa ingrata. Faça o bem a alguém, procure uma ocupação que faça a diferença também na sua vida. Ajude o próximo, pratique o cristianismo, pratique o exercício da bondade. Você vai ver como tudo vai melhorar, e como não há sentimento melhor do que a gratidão! 
 
Se você que leu este texto está passando por um câncer, lute com todas as suas forças, e não desista nunca! Fortaleça sua fé e tenha certeza de que Deus está contigo! Precisamos de você como grande exemplo para todos, exemplo de força e superação! 
 
G.
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s