#SETEMBROSEMGLÚTEN – Update da Semana 04 e Receita de Pão de Queijo de Frigideira Fit

Bom dia! Eu deveria ter feito este post ontem, mas estava com a cabeça no mundo da lua e não consegui. Então hoje decidi fazer um combo aqui para vocês – postando o video com o update da semana e também com a dica de uma receitinha maravilicious que eu já fiz várias vezes e acho que nunca havia compartilhado com vocês!

Sobre a semana…

O fato é que não comer glúten faz com que o corpo desinche MUITO. Você percebe a diferença mesmo, nas roupas, nos acessórios (meus relógios estão folgados de novo!) e se sente mais leve no geral. Só que fazer uma dieta sem glúten não significa que você está fazendo uma dieta de baixo teor calórico. No meu caso, eu eliminei o glúten das minhas refeições, mas continuo controlando tudo o que eu como através dos pontos dos Vigilantes do Peso. Isso é o que tem me ajudado mais, porque se eu dependesse somente da dieta sem glúten não sei se conseguiria me controlar (batata frita com cheddar derretido e bacon é #glutenfree hahaha!).

Comparado com o mês que eu fiquei sem comer açúcar, eu perdi muito menos peso. O resultado não está sendo muito significativo na balança, mas está sendo significativo nas medidas do corpo. No video conto tudo sobre isso.

Agora vamos ao que interessa…

Receita de Pão de Queijo de Frigideira Fit


Ingradientes:

– 1 ovo inteiro

– 2 colheres de sopa de polvilho (eu usei farinha de tapioca)

– 1 colher de sopa do queijo magro de sua preferência 

– Sal a gosto

Modo de preparo:

– Coloque todos os ingredientes num bowl pequeno e misture tudo bem com um garfo até ficar homogêneo.

– Despeje em uma frigideira antiaderente e cozinhe até que a parte de baixo esteja dourada (em fogo médio); dobre em meia-lua, e cozinhe por mais alguns minutos até que o centro esteja firme (em fogo baixo).

Espero que gostem da receita!

Gi

Bittersweet

Essa semana começou bem por aqui. Muito trabalho, muitas tarefas, e muitos compromissos. Não acho que vai ser uma semana boa até o final, porque tem algo triste acontecendo também. Bom, não é justo descrever como “triste”, porque é algo triste para mim, mas muito bom para outra pessoa, então façamos a gringa e chamemos a situação de “bittersweet”.

Estou tentando ocupar a minha cabeça com o máximo de coisas possíveis para não pensar na minha tristeza. Mas tem outra coisa no paralelo que está para acontecer que é muito boa! Minha amiga deve ganhar bebê até esse final de semana! E por essa razão estou sim muito contente.

É, bittersweet é a melhor definição de todas para esta semana, sem dúvidas.

Do lado de cá não há grandes novidades. Eu só não queria deixar de escrever aqui hoje. Sinto falta de escrever. Há dias que simplesmente não posso escrever sobre tudo o que acontece (tipo hoje), mas que se não escrever nada me sinto uma perdedora (uma perdedora dramática).

De todas as formas, está tudo bem. Amanhã eu volto.

G.

#BENDITASEGUNDA – Organizada Mente

Bom dia, pessoas do bem! Mais uma segunda-feira dando início a mais uma semana, mais uma oportunidade de fazer valer a pena! 

O video de hoje é sobre um assunto muito importante: como a organização dos ambientes à nossa voltam refletem a nossa mente – e vice-verso. Você sabia que o estado em que se encontra o ambiente que você vive e/ou trabalha pode ser um grande reflexo do seu estado emocional, mental ou até mesmo espiritual?

Se você se sente sobrecarregado dentro dos ambientes em que passa a maior parte do seu tempo, algo está errado, e pode estar totalmente conectado com uma “bagunça interna” que acaba refletindo numa “bagunça externa”.

Pense no que eu relato no video e tente montar um plano de ação – mesmo que você não acredite muito nestas coisas, vale a pena fazer um teste. Nós brasileiros geralmente não levamos muito em conta que existem diferentes maneiras de se manter são e produtivo – aqui nos EUA é bem comum categorizarmos as pessoas por “perfis”, ou seja, aqui eu aprendi que existem milhares de maneiras de se encontrar um equilíbrio para estabelecer um estilo saudável de vida, e se você é uma pessoal visual (assim como eu), a própria tarefa de limpar/organizar as coisas será de enorme benefício ao seu bem-estar, pois é como se literalmente tirássemos um peso enorme das nossas costas.

Enfim, espero que gostem do video e que o pensamento de hoje seja de ajuda.

Uma ótima segunda a todos!

Gisele

Sobre o Filme: Bridget Jones’ Baby

Ontem fomos assistir o filme mais recente de uma das personagens mais amadas pelas mulheres, principalmente as que tinham seus 30 (e poucos) anos no início dos anos 2000. Eu tinha 15 anos em 2001 quando o primeiro filme foi lançado e me lembro de me divertir muito assistindo-o junto com as minhas amigas do colegial. Não era um filme que retratava a nossa história, mas já conseguíamos imaginar nosso futuro sendo parecido com o dela, Bridget Jones. 

Sobre o terceiro filme, Bridget Jones’ Baby, e sem spoilers, devo dizer que… Foi sensacional. Se você acompanhou a história de Bridget, Daniel e Mark, você vai se apaixonar por este filme também. Vou contar aqui algumas das coisas mais legais sobre o filme e que, honestamente, me preocupavam antes de assistí-lo. Como o primeiro filme é repleto de personagens carismáticos, eu naturalmente me apeguei a todos eles, e a gente sempre torce para que eles estejam lá nos filmes a seguir.

1) #FriendshipGoals – a turma toda continua unida

Uma das coisas que eu mais amava nos filmes da BJ é a turma de amigos dela, e torci muito para que todos estivessem nesse terceiro filme também. Pra mim, é a melhor turma de amigos que existe na ficção (mais que HIMYM, mais que Friends, só não perde pra Stranger Things!).

2) Os pais de Bridget – aparecem menos, mas dão aquele toque “familiar” à história

Sou apaixonada pelo pai da Bridget que continua lá firme e forte, dando o maior apoio pra ela, e a é claro, a figura caricata da mãe também segue presente, com um enredo paralelo inesperado, mas muito divertido também.

3) Ela está magra – e se veste muito melhor do que no passado

Achei o máximo que a versão 2016 da Bridget – com 43 anos – está magra e moderna. Gostei muito mais dos figurinos dela nesse filme, apesar de continuar sendo ela mesma o tempo todo, se é que vocês me entendem…

4) Ela tem uma carreira e é bem sucedida – mas continua sendo a Bridget

Como escrevi acima, continua sendo a Bridget! Ela é bem sucedida mas segue atrapalhada e tomando decisões que nem sempre são as mais…comuns ou responsáveis, e segue sendo uma péssima oradora, enfim… É a Bridget!

5) Não sei o que incomodou mais, se a falta de Daniel na história ou as más plásticas de Renée…

Sei que faz parte do enredo, mas Daniel Cleaver faz falta na história. Ele teve um ótimo substituto (Bridget e seus homens, duelando pelo seu amor haha!), mas senti falta do humor seco e sarcástico de Daniel. Porém, confesso que as infelizes plásticas de Renée acabaram chamando mais a minha atenção do que a falta de Daniel. Francamente, Renée, a Bridget jamais teria feito essa cagada que você fez no seu rosto…. Era tão bonita, iria envelhecer bonita naturalmente, mas não, teve que apelar pra faca! No caso dela, uma má idéia… 

De todas as maneiras, recomendo demais a todos os fãs que assistam porque vale a pena!

G.

#SETEMBROSEMGLÚTEN – Semana 03: Algumas Coisas Estranhas

Bom dia! Quero me desculpar por não ter aparecido por aqui ontem. São os tais imprevistos da vida que acontecem, sabe como é? Foi um dia muito anormal, mas agora tudo está de volta nos trilhos. Hoje quero contar para vocês como foi a minha terceira semana sem ingerir glúten. No video conto com detalhes, então não deixe de assistir.

A verdade é que não comer glúten não é algo tão difícil para mim. Não ingerir carboidratos seria muito, infinitamente pior. Mas meu corpo não anda respondendo essa “tática” na balança como eu esperava, esta é a verdade. Além disso, houve uma alteração hormonal este mês que me deixou com a pulga atrás da orelha.

O relato todo está no video. Eu confesso que me acostumei a não comer glúten, e não acho que sentiria falta se fosse o caso de parar para o resto da vida. Bom, isso porque aqui nos EUA temos muitas alternativas boas e bem acessíveis de alimentos que substituem os que contém glúten, então é óbvio que isso é um grande facilitador. 

Vamos ver como será até o final deste mês. 

Gi

#BENDITASEGUNDA – Vá Você de Encontro ao Problema

Bom dia! Você sabia que você pode mudar o seu destino hoje, em plena segunda-feira? Acredite, é possível. Tudo pode acontecer quando mudamos nossa atitude a respeito dos problemas que nos cercam. Você, assim como eu e todos à nossa volta, tem problemas. Alguns deles são resultados de ações que fogem do nosso controle, já outros, resultados das nossas próprias ações. Esta última situação – problemas derivados das nossas próprias ações – na realidade são oportunidades de ouro.

O video de hoje fala sobre isso. Como podemos transformar um problema em uma oportunidade de aprendizado. 

A verdade é que 99% das vezes que deixamos de abordar um problema com a atitude certa, ele se torna um problema ainda mais grave, e poderá, potencialmente, acarretar em uma série de outras complicações. E qual é a atitude certa para evitar que isto ocorra? Ir de encontro ao problema antes que o problema venha de encontro a você.

Principalmente no ambiente profissional, mas em todas as outras áreas da nossa vida, ter este tipo de mentalidade e agir de acordo com ela é uma das características que mais irá distinguir um bom profissional de um mau profissional. Erros todos cometemos, independentemente do nosso preparo ou experiência, simplesmente por sermos seres-humanos.

Mas muito mais vale um profissional com pouca experiência que sabe detectar e erradicar um problema com uma atitude proativa do que um profissional com anos e anos de carreira que prefere ocultar seus erros por orgulho ou por medo (causando, então, problemas ainda maiores no futuro).

Vamos começar a semana com esta reflexão. O que pode ser detectado e solucionado? Qual é a minha atitude quanto à erros honestamente cometidos? Como posso me tornar uma pessoa mais proativa?

Segunda-feira é dia de pensar, é dia de aproveitar as novas oportunidades e fazer a diferença!

Uma segunda abençoada a todos.

VLOG – Meu Marido Treinador de Futebol

soccer

Bom dia pessoal!

Sim, está rolando post inédito no Blog hoje, domingão. Quero contar pra vocês algo muito bacana. O Josh, meu marido, foi convidado para ser treinador de um time da liga infantil de futebol da nossa cidade! No domingo passado fomos ao primeiro jogo do campeonato, e eu gravei tudo para mostrar pra vocês. Preparem-se porque é uma explosão de fofura!

O time é misto com crianças de 4 e 5 anos de idade. Eles treinam uma vez por semana e jogam contra outros times (de outros treinadores) todo domingo. É muito engraçado e muito divertido, porque as crianças são imprevisiveis e muito espontâneas, mas o jogo até que é estruturado.

Como eles são muito pequenos, o jogo todo tem 30 minutos, com 3 tempos (assim as crianças podem descansar, beber água, e até ir no banheiro se necessário). Eles não contam pontos, portanto todos que participam são vencedores, porque são ligas recreacionais, então o incentivo aqui é à prática do esporte e à convivência em grupo. Como eles são bem novinhos e tem uma certa dificuldade em lembrar da direção do campo, eles não trocam de lado a cada novo tempo, jogam o jogo todo para a mesma direção do campo.

O Josh é o maior barato, está amando a experiência. Está sendo muito divertido tanto para ele, quanto para as crianças e até pra mim!

Espero que curtam o video! Beijos!